Scanner 3D estacionário ou portátil?

scanner 3d portátil

No processo de obtenção da nuvem de pontos, existe uma ferramenta líder, o scanner 3D.

A operação é baseada na emissão de um feixe de luz laser que incide sobre um elemento e ricocheteia no scanner calculando a distância até o ponto. O scanner possui um espelho que gira em um eixo de rotação no qual a luz laser é emitida, que fornece esse feixe de luz.

De um modo geral, os scanners usados ​​em obras públicas podem ser classificados em dois grupos: scanners fixos e móveis ou portáteis, como o scanner 3D portátil paracosm.

Quais são suas vantagens e desvantagens?

  • Estacionário: estes são os primeiros scanners a serem usados ​​para o estudo de nuvens de pontos. Estes equipamentos possuem uma grande precisão devido ao seu desvio milimétrico. O funcionamento é o mesmo das estações fixas utilizadas na topografia. O scanner é posicionado e a varredura é realizada. Através de esferas estrategicamente colocadas, a relação entre um ponto e outro pode ser estabelecida.

O scanner não capta apenas os pontos, alguns deles também possuem uma câmera que gera uma visão panorâmica de 360 ​​graus, permitindo um melhor entendimento da nuvem. Isso também oferece a possibilidade de ter seus pontos coloridos.

  • Móvel: esses scanners surgiram recentemente devido a problemas relacionados à realização de leituras em áreas de difícil acesso ou instáveis. Muito menores em tamanho, sua tecnologia elimina a necessidade de colocá-los no chão e movê-los até o fim da digitalização.

Comparados aos scanners estacionários, esses scanners têm uma precisão de cerca de 2 ou 3 cm, mas seu campo de uso é muito mais amplo do que o do scanner estacionário.

Digitalização 3D: uma nuvem de informações

Realizar uma varredura 3D de um edifício já fornece muitas informações com as quais trabalhar. Com uma nuvem de pontos, você pode estudar a planicidade de elementos como pisos ou paredes, ter uma leitura exata do que existe e poder medi-lo, ou ainda realizar a engenharia reversa ou procedimento de repasse.

Nestes últimos processos, estudar a nuvem de pontos oferece a possibilidade de ver como o item de estudo evoluiu em direção a agentes externos como o tempo para saber o nível de degradação. No setor da conservação do patrimônio, esse uso é muito abrangente, pois a digitalização dos elementos permite não só desenvolver e documentar esses elementos, mas também estudar como o passar do tempo e as condições meteorológicas os afetaram.

Por outro lado, no campo da engenharia industrial, o uso dessa tecnologia possibilita a criação de documentação para o desenvolvimento e produção de peças e equipamentos que não possuem tal documentação.

Existem hoje muitas plataformas web que oferecem a possibilidade de gerenciar o Uma nuvem de pontos par le biais du navigateur sans qu’il soit nécessaire d’installer des programmes spécifiques. Ces plates-formes permettent également de consulter les informations ajoutées ultérieurement au nuage, telles que l’emplacement ou les bal

ises.