Os 10 melhores guinchos elétricos de 2021

É difícil escolher o seu novo Guincho Elétrico? Nós escrevemos isso Guia de compra de guincho elétrico especial para te ajudar, com o TOP10 das melhores vendas do momento, testes, opiniões… Como em todos os nossos guias de compra, fizemos o possível para ajudá-lo a escolher o melhor Guincho Elétrico!

Nossa seleção de guincho elétrico

Guia de compra de guincho elétrico

Se você deseja adquirir um guincho elétrico, é importante que você conheça um pouco mais sobre este dispositivo de levantamento e / ou tração. Você deve levar em consideração vários elementos, incluindo o tipo e comprimento do cabo, a capacidade de carga máxima permitida, a força de tração e a capacidade de elevação do motor elétrico e muitas outras características técnicas.

Esta comparação oferece uma linha completa de guinchos que atendem a todas as necessidades do usuário. Para escolher um, convidamos você a ler este guia de compras que detalha tudo o que você precisa identificar antes de escolher seu guincho elétrico.

O que é um guincho elétrico?

O guincho é um dispositivo motorizado que pode ser utilizado para manuseio caso seja uma talha elétrica. Nos veículos todo-o-terreno, o seu papel é diferente, pois permite que um 4 × 4 seja rebocado para sair de uma situação difícil. No entanto, sejam guinchos elétricos ou talhas elétricas, seu funcionamento é baseado no mesmo princípio.

Dependendo do modelo do guincho, você tem um cabo de controle direto para engatar a tração ou levantamento, ou um controle de rádio (controle remoto sem fio) para controle remoto.

Guinchos elétricos também se distinguem por sua capacidade de tração ou elevação. Mas o que realmente diferencia um guincho de outro é seu tipo. Na verdade, existem vários tipos de guinchos: manuais, elétricos, mecânicos e hidráulicos. Um tipo de guincho corresponde a uma utilização devido à sua capacidade de carga, ao seu funcionamento e ao seu cabo (tipo e diâmetro do cabo).

Como funciona um guincho elétrico?

Como o nome sugere, um guincho elétrico precisa de uma fonte de alimentação e, portanto, tem um motor elétrico. Este último gira uma guia de rebobinamento na qual é enrolado um cabo de metal ou um cabo sintético, passando primeiro por uma guia de cabo e, se necessário, por um polia de transporte. No caso de uma talha, o cabo é guiado por um rolo-guia e enrolado em um rolo de enrolamento ou tambor.

O motor de um guincho elétrico é fornecido com 12 V ou 24 V no caso de um guincho de veículo todo-o-terreno. Já a talha elétrica opera em 230V. Mas, no primeiro caso como no outro, o motor elétrico é sempre alimentado com corrente contínua. Para girá-lo para frente e para trás, basta inverter a polaridade.

No entanto, a potência direta do motor pode ser insuficiente para levantar ou rebocar uma carga pesada. É por esta razão que o guincho é equipado com um conjunto deengrenagens de redução para otimizar a força de tração ou levantamento.

Além disso, mesmo que a potência do motor seja multiplicada por uma marcha para tolerar uma carga máxima, é sempre aconselhável deixar em torno do rolo 5 voltas de cabo.

Como escolher um guincho elétrico?

Escolher um guincho elétrico não é uma tarefa fácil, pois existem vários modelos para todos os tipos de uso. Mas, prestando atenção aos critérios a seguir, você pode encontrar o guincho elétrico certo para seu uso pessoal.

Capacidade de carga

A capacidade de carga de um guincho elétrico é sua capacidade de tração e / ou sua capacidade de levantamento que depende da carga nominal que pode suportar. Nas características técnicas do dispositivo, você pode identificá-lo facilmente por sua unidade expressa em quilograma (kg).

Este fator é o nível máximo de tolerância que o primeiro nível de enrolamento do cabo no rolo ou tambor pode suportar. Na verdade, quanto mais curto o cabo de içamento ou tração fica e se enrola ao redor do tambor, mais força o guincho deve implantar para puxar e levantar diminui.

Em geral, em guinchos elétricos, essa queda de carga é estimada em 13% por fileira de bobinas de cabo. No entanto, deve-se entender na operação de um guincho que a capacidade de carga nominal é aquela que corresponde à força exigida pelo motor para enrolar um cabo esticado horizontalmente.

Por isso é sempre recomendável verificar se a carga máxima é aquela que determina o nível de tolerância do guincho quando o cabo está tensionado ou não. Caso contrário, você pode evitar esse tipo de aborrecimento, optando por um guincho elétrico com capacidade de carga duas vezes o peso do objeto a ser rebocado ou levantado. Por exemplo, se você deseja instalar um guincho em seu 4 × 4 e ele pesa 4 t, planeje um guincho que tenha uma carga nominal superior a 8 t.

O tipo e comprimento do cabo

Os diversos guinchos elétricos existentes no mercado estão equipados com dois tipos principais de cabos.

  • Cabo metálico
  • Um cabo de aço para um guincho pode ser um cabo de aço reforçado com carbono, o que permite que ele suporte alta tensão e atrito, especialmente na polia de enrolamento.

    Este tipo de cabo é geralmente utilizado em guinchos elétricos, mas também está muito presente em guinchos de veículos todo-o-terreno, pois é adequado para instalação no exterior. Ele tolera a exposição aos elementos e ainda tem um bom desempenho, mesmo em clima inclemente.

    No entanto, um cabo de aço não gosta de grãos de poeira que ficam incrustados entre seus fios de aço. A contaminação que não foi limpa pode resultar em uma pausa a qualquer hora.

  • Cabo sintético
  • Um cabo sintético de alta resistência é composto por vários filamentos sintéticos que, juntos, formam um todo que pode suportar as cargas de equipamentos de içamento ou tração, neste caso um guincho elétrico.

    Esse tipo de cabo tem a vantagem de ser leve e mais flexível, o que reduz o risco de quebra repentina. Em caso de quebra, é possível dar um nó e retomar a tração ou levantamento. É recomendado para uso ocasional, especialmente em veículos todo-o-terreno que só saem de estrada em situações ocasionais.

Tanto para o tipo de cabo do guincho, mas você também deve levar em consideração seu comprimento. Um cabo mais curto é muito mais conveniente do que um cabo muito longo. Lembre-se do princípio que afirma que quanto mais curto for o comprimento do cabo, menor será a capacidade de carga. Em outras palavras, se você usa um cabo curto, você coloca menos carga no motor elétrico. Além disso, é menos provável que você tenha um tambor com um monte de cabos mal enrolados.

Velocidade de tração

A velocidade de tração de um guincho elétrico depende do peso do objeto a ser puxado ou levantado. Na verdade, o dispositivo será mais rápido em uma carga de 2t do que em outra de 4t.

No entanto, você pode ter essas informações nas especificações do guincho. É determinado de acordo com a carga nominal e expresso em metros por minuto.

Também depende da potência do motor e da tensão fornecida a ele. Uma talha elétrica se beneficia de uma corrente contínua estável de uma linha de alimentação de 230V. Já o guincho elétrico de um 4 × 4 é movido a bateria. Se o motor estiver desligado, o alternador não funcionará, deixando o motor dependente exclusivamente da bateria. No entanto, sua tensão diminui à medida que é chamado. Para ser mais claro, sem o alternador, uma bateria pode ter menos de 12V ou 24V, que é a tensão mínima para acionar o motor elétrico do guincho.

O caso de uso

Em geral, você escolherá um modelo específico dependendo da situação na qual planeja usá-lo. Quer você planeje instalá-lo em uma fábrica ou em seu veículo todo-o-terreno, seu guincho elétrico pode ou não ser o que você realmente precisa.

Para uso em cargas leves, muitas vezes é mais prático e barato optar por um guincho manual que é para uso ocasional e não profissional. Para cargas pesadas, é melhor escolha um guincho elétrico tendo previamente determinado a carga máxima.

Em um 4 × 4, é óbvio que o guincho elétrico é a melhor escolha. Alimentado diretamente pela bateria, permitirá que você saia de situações difíceis. Mas, sempre verifique a carga nominal, que deve ser maior do que o peso do seu veículo todo-o-terreno.

Quais são os usos de um guincho elétrico?

  • Tração
  • Graças ao seu design engenhoso, um guincho elétrico é uma ferramenta básica em um veículo todo-o-terreno e, especialmente, em um veículo de reboque, como um caminhão de reboque. Neste último caso, permite colocar a cabina avariada com toda a segurança na ponte rolante do reboque.

  • Elevação
  • Guinchos elétricos são úteis para levantar cargas pesadas na extremidade de seus ganchos. Eles são dispositivos de manuseio que facilitam o movimento de um objeto do ponto A ao ponto B.

Além do guincho elétrico, quais são os outros tipos de guincho?

O guincho manual

Se você quiser comprar um guincho que seja conveniente de usar e não custe quase nada, você pode optar por um guincho manual. Este é um tipo de guincho não motorizado, mas fornecido com um manivela da engrenagem sem-fim. Pela força de seus braços, você pode facilmente lidar com uma carga pesada dentro do limite da capacidade máxima de tração ou levantamento.

Existem dois modelos de guinchos manuais, incluindo o guincho de carga que pode ser usado em uma oficina ou fábrica e o guincho de içamento que pode ser instalado em um veículo ou até mesmo em um reboque de barco.

Todos os modelos de guinchos manuais têm capacidade de 500kg e isso pode ser duplicado com a adição de uma polia transportadora.

O guincho mecânico

Um guincho mecânico é equipado com um motor térmico mais eficiente do que um motor elétrico em termos de carga nominal.

Suas principais desvantagens são o peso e o preço. Também é muito difícil de instalar em um veículo sem antes ter feito modificações no suporte.

O guincho hidráulico

O tambor de um guincho hidráulico gira graças a um sistema pressurizado por fluido hidráulico. Este princípio de operação muito simples torna os guinchos hidráulicos dispositivos de levantamento e tração eficientes, com melhor eficiência do que guinchos elétricos.

Sua velocidade e capacidade de carga estão muito além do que outros tipos de guinchos oferecem. Além disso, possui todas as características de um guincho seguro. O sistema interno não corre o risco de sobreaquecimento.

No entanto, os guinchos hidráulicos são os mais caros do mercado.

Como consertar um guincho elétrico?

Instalar um guincho elétrico é bastante simples, seja em um veículo ou em uma fábrica. Os fabricantes sempre fornecem um manual que detalha todas as etapas que você precisa seguir para instalar corretamente um guincho e mantê-lo seguro para uso.

Mas acima de tudo, é importante que você instale seu guincho elétrico de acordo com as normas de segurança atuais. Nesse sentido, deve-se levar em consideração a capacidade de carga do suporte que deve corresponder à do guincho.

Em veículos, guinchos elétricos são colocados na frente (4 × 4) ou na parte traseira (caminhão de reboque). E para fazer isso, eles recebem todos acessórios para fixação. Um cabo elétrico é incluído para conexão direta com a bateria.

Porta de carregamento: quais são os riscos de um guincho elétrico?

Se você está pensando em comprar um guincho elétrico, é bom para rebocar ou levantar cargas pesadas. Mas em todas as situações de uso, este tipo de dispositivo emite uma quantidade significativa de energia que influencia diretamente o ponto de ruptura do cabo que tenta se libertar desta energia conseqüente a que está sujeito.

Além disso, um guincho elétrico é frequentemente equipado com um motor de freio, que é um freio automático que trava o tambor se o cabo quebrar inesperadamente. Às vezes é um sistema de catraca que imobiliza o guincho e o cabo que ainda está totalmente carregado. Em ambos os casos, há uma quantidade de energia que pode desencadear uma falha de componente a qualquer momento, seja no freio ou no cabo.

Nesse sentido, a segurança é antes de tudo uma questão de manutenção e verificação que deve ser feita regularmente em seu guincho elétrico. Para fazer isso, basta verifique a condição do cabo metálico ou sintético e ver todos os pontos de falha, como desgaste, compressão ou corrosão.

mais vendido

Dernière mise à jour : 2021-06-21 02:43:43