Férias no rio

Férias no rio

Cada vez mais famílias estão optando por passar férias originais, longe das trilhas e das multidões do verão. As escolhas multiplicam-se entre os profissionais do turismo que perceberam que os seus clientes, sobretudo os urbanos, procuram a autenticidade. Os veranistas querem estar mais conectados com a natureza. Dentre as tantas possibilidades que existem hoje, o turismo fluvial atrai com suas inúmeras vantagens. Explicamos aqui porque este tipo de estadia é único.

Férias tranquilas sem cansaço

A água é um elemento calmante e a tranquilidade dos rios ou canais é ideal para desligar sem sair para o fim do mundo. A navegação é bastante simples e não requer licença de barco.

Todos podem navegar em seu próprio ritmo, dependendo do período de locação escolhido. O curso é organizado e especializado no aluguel de barcaças e barcos fluviais, como Filovent, explique as dicas e tudo o que você precisa saber para que sua navegação ocorra sem problemas.

São férias que também convêm com os amigos, pois permitem que todos passem momentos sozinhos ou juntos. Fazer uma escala todos os dias oferece a possibilidade de fazer refeições no barco ou de optar por ir a um restaurante durante uma escala. Cada uma tem o seu espaço privado e os barcos estão pensados ​​para que também se possa isolar no exterior, no convés ou no terraço.

São, portanto, umas férias ao ar livre e muito calmas. O prazer de mudar de amarração também evita o cansaço que às vezes se faz sentir em um hotel ou em uma tradicional casa de aluguel.

Férias culturais no coração da natureza

A outra grande vantagem da navegação por vias navegáveis ​​interiores é que ela passa por cidades de grande interesse cultural. É, portanto, a maneira ideal de descobrir novas regiões esquecendo o barulho e o carro. Também é possível embarcar em bicicletas para se locomover durante uma escala.

As paisagens cruzadas são sempre magníficas e é uma oportunidade única para descobrir a especificidade da flora e fauna dos rios ou canais. Aprender a pescar e até saber nadar, se não houver perigo, são simples prazeres que valorizamos ainda mais porque não precisam de se mexer quando estão num barco. Da mesma forma, se sentir necessidade de dar um passeio, basta encontrar uma amarração e improvisar uma nova escala.

Em termos de segurança, todas as embarcações cumprem as regras impostas pelas autoridades de controlo e a legislação francesa para as de fabrico em território nacional (superfície antiderrapante + corrimão + varanda dupla de 60 cm de cima)

A velocidade também é limitada e alguns modelos de barco são walk-in, o que também é adequado para Desativado e apresenta menos perigo para as famílias que viajam com crianças pequenas.